Thursday, August 26, 2010

//Linkin Park// ::The Catalyst::






Sempre gostei dos Linkin Park. Da panóplia da moda de bandas de nu metal que surgiram há uns anos atrás são os únicos aos quais abri os ouvidos e dei crédito. Estão de volta com um novo trabalho de originais, A Thousand Suns, a ver a luz do dia a 13 de Setembro, e que apresentam com este tema que gostei à primeira - The Catalyst. Bom vídeo também ;) Da música gosto particularmente do sintetizador a lembrar a onda industrial.

Thursday, April 15, 2010

//Type O Negative// ::Love You to Death::





A confirmar-se a morte de Peter Steele (os rumores são cada vez mais fortes e a confirmação é já avançada por várias fontes) fica aqui uma das melhores criações dos Type O Negative, do fantástico October Rust, álbum que me deu a conhecer a banda e que me fez segui-los desde 1996.

Para muitos fãs, como eu, fica a garantia de reconhecimento ao Peter e aos Type O Negative, uma das melhores bandas de metal melódico. Love You to Death.

Wednesday, March 31, 2010

//The Cure// ::Lovesong::





Depois da cover, agora a versão original. Lovesong é uma das músicas mais míticas dos The Cure, e faz parte do fantástico DISINTEGRATION, cuja edição especial Deluxe tem data prevista de lançamento a 24 de Maio! ;) Um must!

//Archie Bronson Outfit// ::Magnetic Warrior::





Confesso que não conhecia Archie Bronson Outfit, uma banda indie inglesa, que conta já com 3 álguns. Este mês lançaram Coconut, de onde faz parte este tema, Magnetic Warrior, um excelente exemplo de boa música indie :)

Tuesday, March 30, 2010

//Florence & The Machine// ::Blinding::





Ainda Florence and the Machine. Fica Blinding, talvez a melhor música do debut Lungs.

Monday, March 29, 2010

//JES// ::Lovesong::





Tenho andado off, offline, sem inspiração e sem música. Ando meio zombie, a cumprir horários e tarefas, industrializado e robotizado.

Mas como não sou assim, procuro-me sempre nestes momentos mais cinza, e finalmente encontrei alguma cor. Esta música é disso reflexo. Autêntica explosão de inspiração! JES, The Cure, Love, Song, Lovesong...

Wednesday, March 10, 2010

//The Sound of Arrows// ::Into the Clouds (Mille Remix)::





os anos 80 foram uma das melhores décadas de sempre! era tudo tão puro! tão inocente! as crianças eram crianças. vivia-se sem pensar nas consequências. era tudo tão simples! ;) fica aqui um som inspirado nessa década tão forte em cultura pop

Friday, March 5, 2010

//Client// ::Make Me Believe In You::





Live @ Oporto [June 18 - 2010]

// SATISFACTION GUARANTEED //

//Parallels// ::Ultralight::





Os Parallels são do Canadá e praticam um som inspirado na música de dança dos anos 80. Consigo ouvir Madonna e Kate Bush :)

Sunday, February 21, 2010

//Danielle Dax// ::Cathouse::





Mas os anos 80 não viram só Siouxsie Sioux, Kate Bush ou até Bananarama (<3 Siobhan Fahey). Houve também Danielle Dax, uma diva incompreendida e experimental que também marcou a sua posição na música daquela década. Fica a recordação de um dos seus melhores temas ;)

//Jill Tracy// ::The Fine Art of Poisoning::





Cantora, pianista e compositora, Jill Tracy já foi descrita como “uma mulher fatal para o homem que pensa”. O seu rosto delicado e a sua sensibilidade vintage evidenciam um glamour gótico e um timbre aveludado e inconfundível. Tortura, suicídio, obsessões e paixões lascivas descontroladas, são alguns dos relatos que encontramos nos temas que compõem a música de Jill Tracy, uma música hipnótica e por vezes sombria, mas acima de tudo envolvente e penetrante. Jill Tracy já foi comparada a Nick Cave, David Bowie, Robert Smith (The Cure), entre outros artistas de renome internacional.

É o que se pode ler de Jill Tracy no site do Centro Cultural Vila Flor, de Guimarães. Confesso que já namoro as músicas da Jill Tracy há bastante tempo. São de uma sombra doce, que ao mesmo tempo deixa um travo amargo na alma. Vale a pena conhecer. Vale a pena assistir ao espectáculo em Guimarães no próximo dia 27 de Fevereiro.

Deixo aqui um tema fantástico: The Fine Art of Poisoning, onde colaborou com o animador Bill Domonkos, criando uma curta metragem inquietante e deliciosa.

Sunday, February 14, 2010

//The Golden Filter// ::Hide Me::





Bem, considero que já chega (!) do tempo de ressaca e deslumbre de um dos concertos da minha vida. É altura de voltar a colocar o negro no baú das memórias e abrir a cortina da alma e espírito para deixar passar a luz e calor do sol. E olha que boa deixa, esta dos The Golden Filter. É mais uma malha para o tão ansiado álbum de estreia de nome Völuspá, que está agendado para conhecer os leitores do ppl a partir de Abril. A faixa é novíssima, de nome Hide Me. Podem também espreitar um teaser do álbum aqui ;) Será um dos melhores álbuns de 2010!

Saturday, February 13, 2010

//Fields of the Nephilim// ::Trees Come Down::





Tudo começava em 1985, com esta música a abrir o primeiro lançamento oficial da banda, o EP Burning the Fields, ainda hoje tido como um dos melhores registos da banda. Esta música é mítica.

Friday, February 12, 2010

//Fields of the Nephilim// ::And there Will Your Heart Be Also::





we must suffer
to free our pain
can you help us
to find our way
you're here to stay
stay here in paradise
I'd end this moment
to be with you
through morphic oceans
I'd lay here with you
only to stay
stay here in paradise
only to stay son
lonely from this maelstrom
free are you
from this maelstrom
to be with you


Não é das mais conhecidas, mas é, definitivamente, das mais bonitas... São uma banda um pouco incompreendida, não apreciada por muitos, até por aqueles apreciadores do género. Para mim, o som é mágico. Inigualável.

Sunday, February 7, 2010

//Fields of The Nephilim// ::For Her Light::





Confesso que ainda não estou em mim. A levitação foi tão forte que ainda custa voltar. O sentimento foi tão forte que mal cabia no corpo. Uma mistura de emoções, acompanhada por sons que para mim são de pura magia. Uma noite memorável.

A oportunidade de ver e ouvir, ao vivo e pertinho, a minha banda nuclear e essencial é indescritível. E assim se sente o poder da música em nós. Simplesmente mágico. Êxtase total.

Fica aqui um dos temas obrigatórios e que não faltou ontem no Coliseu do Porto.